Total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de maio de 2013

SEUNOME POV’S ONMeu nome é SEUNOME, tenho 19 anos, sou baixinha, tenho cabelos claros e olhos verdes. E, sou casada com o homem mais desejado do mundo! Isso, mesmo, Harry Styles! Estamos casados, há dois anos, que tem sido os melhores da minha humilde vida. Amo o Harry demais! Demais mesmo! Ele é o amor da minha vida! Nesse momento, estou no meu carro, correndo pelas ruas de Londres, torcendo para que Harry perdoe meu atraso de mais de três horas. Vou explicar: Eu trabalho na Sony Music, e ele faz parte de uma banda mundialmente conhecida: One Direction. Ele está de férias, mas eu, infelizmente não. Harry vive me dizendo que eu não preciso trabalhar, mas eu amo meu trabalho! Discutimos muito por isso, principalmente porque meu trabalho exige muito de mim. Além do mais, sempre que marco algo com Harry eu chego atrasada, porque o mala do meu chefe, me odeia. Enfim, estou tentando chegar o mais rápido possível. 22h34min Cheguei! Finalmente estou em casa! Abri a porta, joguei meu, sobretudo e minha pasta de documentos no sofá e subi as escadas rumo a nosso quarto, procurando por ele:-Harry? Harry! Cheguei!Mas não respondiam...-Harry? Amor! Cheguei!Entrei no quarto e o vi, sentado na nossa cama vestindo um lindo terno preto, com a cabeça baixa, segurando uma linda rosa vermelha (minha preferida). O quarto estava com a luz baixa, e tinha uma mesa para duas pessoas, forrada com uma linda toalha de mesa. Velas em toda a parte e em cima da cama tinham pétalas de rosas vermelhas também.Andei até ele, sendo consumida viva pela culpa. Hoje faziam dois anos de casamento! Como pude me esquecer! Sou a pior esposa do mundo! Sentei ao lado dele, e ele não moveu um músculo, continuou lá parado com a cabeça baixa. Para quebrar o silêncio, decidi falar:-Harry, por favor, me desculpe, eu não tive culp... *tentei pedir desculpas*-NÃO TEVE CULPA? *gritou se levantando da cama, parando a minha frente, me encarando*-Não... *falei tristonha*-AGORA, SEU CHEFE MANDA EM VOCÊ?! *continuou gritando comigo, com os olhos cheios de lágrimas*-NÃO GRITA COMIGO! *gritei, me levantando da cama, parando perto dele*-NÃO GRITA? *continuou gritando, não acreditando no que eu acabei de falar*-Por favor, me desculpe você sabe o quanto o meu trabalh... *tentei me redimir*-E EU? NÃO ME AMA MAIS?! É ISSO?! *perguntou (gritando) desesperado*-NÃO! EU TE AMO, MAIS DO QUE TUDO! *falei desesperada, não segurando mais o choro*-Não parece... *ficou de costas para mim, chorando também*-Por favor, me desculpe! Eu prometo que isso nunca mais vai acontecer! *me desesperei, como assim, ele acha que eu não o amo?!*-Como pode esquecer?! *ignorou meu pedido de desculpas, se virando para mim novamente*Não soube responder, não tinha a resposta. Como eu me esqueci?! Como eu pude?! Nem ele, um grande popstar esqueceu, e eu, uma mísera secretária, me esqueci. -RESPONDE! *gritou, pegando meu braço com força, ainda chorando*-Eu... Eu... Eu não sei! *gaguejei*-Eu quero divórcio... *me soltou*-Não! Por favor! Eu te amo! Me perdoa! *entrei em pânico*-Te perdoar? *perguntou sínico*-Por favor! *implorei*-Você merece o meu perdão?! *perguntou*-Não, mas eu te amo! *admiti*-Mas você não prova! Merece ser punida... *me acusou*-Pode me castigar, eu mereço. Faça o que quiser comigo... *tentei convencê-lo*HARRY POV’S ONBastou ela dizer isso para eu, pegá-la pelos pulsos e jogá-la na cama. Meu lado safado estava se manifestando como nunca antes. Subi em cima dela, e a levei para a cabeceira da cama. Ela estava assustada.-Harry... O-o qu-e vai fazer? *perguntou com medo*-Te ensinar a ser uma boa menina. *sorri maliciosamente*Abri a gaveta do criado-mudo que tinha ao lado da cama, e tirei de lá uma algema e uma amordaça. A beijei sem pudor, um beijo selvagem e bruto, cheio de saudades. Quando tivemos que parar por falta de ar, sem nem pensar duas vezes, rasguei sua blusa, com força, a transformando em dois pedaços de pano. Antes que ela pudesse protestar, a beijei novamente, colocando a amordaça nela, em seguida a algemando. Tirei seu sutiã, que era tomara que caia. Sem hesitar abocanhei o seu seio direito, a fazendo arfar. Ela começou a mexer nos meus cachos, uma forma de dizer que estava gostando. Começando a gemer:-Huuuum, huuuuuuuuum...Ah... Os gemidos dela. Os gemidos da SEUNOME é uma das melhores coisas de se ouvir. Meu membro começou a crescer e crescer... “Céus, tenha piedade comigo, SEUNOME.” Pensei.Chupei os seios dela por alguns minutos, depois fui descendo a língua por sua barriga, que se contraía sentindo arrepios. Ao chegar em sua intimidade, até passear por suas fendas chupando-a vorazmente. Ela gemeu alto e afagou meus cabelos, me incentivando a continuar. Eu introduzia minha língua em seu buraco quente e molhado e ao mesmo tempo estimulava o seu clitóris. Seu corpo estava febril devido a tanto tesão, ela passou a gemer descontroladamente e eu continuei lhe chupando, porém havia parado de estimular seu clitóris e passei a estimular a entrada de seu ânus. Com um pouco de dificuldade eu penetrei um dedo em sua cavidade anal, e SEUNOME gemeu alto, se contorcendo na cama.-Huuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuum, huuuuuuuuuuum.Decidi tirar a sua amordaça, queria ouvi-la gemer meu nome. Assim que tirei, voltei a dar atenção a sua intimidade, que estava extremamente convidativa:-Awwwwwwwwwwwwwwwn Harry, não pare...Quando ela iria gozar, eu parei. A fazendo gemer frustrada. Subi em cima dela, e a beijei com desejo, já tendo noção que estava totalmente duro. Fui novamente até o criado-mudo e tirei de lá um vibrador. SEUNOME POV’S ONHarry tirou do criado-mudo, um vibrador. Gelei na hora.-Harry, o que... Aaaaaaaaaaaaaaah *gritei assim que senti aquele objeto dentro de mim*-Isso geme mais... *falou tirando totalmente sua roupa*-Awwwwwwwwwwwwwwwwwn Harry, awwwwwwwwwwwwn... *eu não sabia o que estava dizendo, estava completamente tomada pelo prazer*-Isso, geme meu nome... *começou a se masturbar na minha frente*-Haaa-rrry... Quando, eu estava quase gozando, ele parou. Interromper um orgasmo não é nada legal.-Harry, o que vai, aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah! *não contive meus gritos, assim que senti todo seu membro dentro de mim*-Isso gostosa, geme mais... Aaaãn *ele também gemia*Harry se movimentava dentro de mim, depois começou a tirar e colocar de novo, e então a empurrar com forca até o meu fundo, ambos gemiamos loucamente. Ele começou a meter sem dó nem piedade, de uma forma que nunca havia estocado em mim, estava selvagem, ou até mais que isso. Eu ás vezes revirava os olhos sentindo rápidos espasmos e gemia alto com aquela movimentação. Alguns fios do cabelo meus se encontravam em meu rosto, e esse desconcerto também era excitante. Harry estava voraz, queria dar a mim um prazer que eu nunca havia sentindo, um maior do que todos os outros que eu tivera com ele, ou até mesmo algum outro homem. -Harry devagar *você disse ele começou a tirar e colocar em uma velocidade imensa*-Não, você vai aprender, a não me fazer esperar... *estocou mais forte*-Aaaaah, está me machucando... *gritou sentindo dor*-Você aguenta... *continuou penetrando, nem ligando para o que você acabou de dizer* SEUNOME POV’S OFFHARRY POV’S ONConfesso que senti um pouco de pena, quando ela disse que estava machucando, mas mesmo assim não parei. Queria possuir cada pedaço do seu corpo, a saudade estava me consumindo. Queria ouvi-la gritar para que todos soubessem que sou eu que dou prazer a ela. Coloquei meus braços na cabeceira na cama e fui fazendo cada fez mais força na penetração. Empurrando meu membro até seu fundo. Enquanto isso, ela gritava por misericórdia, me pedindo para ir mais devagar. HARRY POV’S OFFSEUNOME POV’S ONEu só gemia (e gritava) cada vez mais, eu estava em êxtase com aquilo, seu membro me invadia de um jeito muito gostoso, eu fui amolecendo, minhas pernas ficaram bambas me deixando sem força. Eu cheguei ao meu ápice, soltando um gemido fraco e muito cansada, eu achei que ele fosse parar, mas não, ele aumentou as estocadas e olhou fundo nos meus olhos, eu implorei pra ele parar, ele não parou, me deu mais tapas na bunda e continuou gemendo, eu gemia alto, um gemido de cansaço, eu queria parar, ele não deixou, uns minutos se passaram até que ele deu a última estocada me fazendo gozar novamente, e gozando também. Eu estava mais do que mole, muito cansada e suada, ele me desencaixou do seu membro e retirou a camisinha a jogando fora, eu estava deitada, ainda algemada, tentando criar forças para me recompor. Ele me soltou, beijando meus pulsos, se deitando ao meu lado de conchinha, com carinho até. Parecendo que o Harry de um minuto atrás não existia. Enquanto tentava desesperadamente respirar, o ouvi dizer:- Cansou? *perguntou na curva do meu pescoço*Concordei com a cabeça. Como disse, não tinha força para nada...-Aproveite pra descansar enquanto eu estou bonzinho. Meu sorriso aumentou ao ouvir sua ameaça, e ele depositou um beijinho na curva de meu pescoço. -Vai ficar malvadinho depois, é? *sussurrei, ouvindo-o rir baixinho novamente perto de meu ouvido*-Se eu fosse você, não usaria o diminutivo. Arregalei os olhos, sentindo meu corpo esquentar diante de sua firmeza, e nem pensei em responder. Coloquei minha mão sobre a dele e fiquei brincando com os nós de seus dedos vagamente até apagar por uma meia hora, assim como presumo que ele tenha feito.
NA MANHÃ SEGUINTE...Sol. Sol. Maldita claridade. Abrir ou não abrir os olhos? Me dei por vencida e decidi abrir devagar. Bocejando, quando ia esticar meus braços, senti um peso ao meu lado. Me virei devagar, por conta da ENORME mão na minha cintura. Parecia uma escultura de um anjo que havia ganhado vida, e ressonava tranquilamente, com o rosto calmo a poucos centímetros do meu. Tive a leve impressão de que seria capaz de observá-lo pelo resto da vida. Seu nariz por pouco tocava o meu, e seu cabelo, por mais bagunçado que eu o tivesse deixado, parecia ter sido arrumado durante o sono, voltando ao seu estado despojado e lindo de sempre. Seus lábios estavam fechados numa linha reta e fina, e seu peito nu subia e descia conforme sua respiração calma. Sua mão ainda repousava em minha cintura, como estava desde que caí no sono, e nossas pernas estavam novamente entrelaçadas, permitindo-me tentar esquentar seus pés gelados. Meu coração batia acelerado a cada detalhe que eu observava, e o sorriso insistia em permanecer, me fazendo sentir uma idiota. Uma idiota apaixonada. Tentei levantar, mas Harry não deixou, parecia estar me prendendo. Sorrindo feito uma retardada, apenas fiquei observando-o dormir, fazendo carinho devagar em seu peito e me lembrando de tudo que tínhamos feito antes de apagarmos. -Você pretendia ficar me olhando por quanto tempo? *ouvi a voz dele dizer baixinho, me fazendo corar de leve*. Harry abriu os olhos e me encarou, com um sorriso desconfiado no rosto.-Não sei, talvez até você acordar e me fazer essa pergunta. *respondi, fazendo seu sorriso aumentar*. Sem dizer nada, Harry me beijou delicadamente, e virou de lado, nos deixando de frente um pro outro na cama. -Pra sua informação, eu já estava acordado *ele murmurou, deslizando sua mão pela minha cintura devagar*. Você é que ficou dormindo feito pedra em cima de mim até agora pouco. -Me desculpe, se o meu local de trabalho me faz acordar todo o dia, as 6 da manhã. *falei fingindo estar ofendida*-Você sabe que não precisa trabalhar... *falou me encarando*-Mas eu amo meu trabalho... *falei, tentando convencê-lo*-E eu? *perguntou tristinho*-Também, mas eu te amo muito mais! *falei sorrindo, com a esperança de que ele sorrisse também*-Muito mais? *perguntou sorrindo feito bobo* -Sim! Muito, muito mais! *sorri sinceramente* -Eu também, e quero pedir desculpas por te falado com você ontem de divórc... *tentou se desculpar* -Harry, tudo bem... Eu que te devo desculpas... Eu realmente não queria me atrasar... *falei triste* -Tudo bem, ainda assim, você me deu um ótimo presente... *sorriu malicioso* -Ah é? Qual? *sorri perversa* -Você... *fez carinho no meu rosto* Sorri. E dei um beijo delicado e com amor nele. FIM!

Isabela Leal esse imagine é dela *_* ela ta concorrendo a nova adm 

2 comentários:

Quem sou eu

Minha foto
Eu me chamo Thalyta sou Directioner com mt orgulho *-* meu preferido é o Hazza ms eu amu todos (comentem oq vcs acharam do blog)